Mudança Climática


O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) define a mudança do clima como variação estatisticamente significativa no estado médio do clima ou em sua variabilidade, que persiste por períodos estendidos (tipicamente décadas ou mais).

A mudança do clima pode se dar por processos naturais internos ou por intervenções externas, ou por mudanças antropogênicas persistentes na composição da atmosfera ou do uso da terra.

Desde 2009, com a adesão à Campanha Global de Ações para Proteger o Clima (Campanha TicTacTicTac), da Chamada Global pela Ação Climática, Sorocaba começou a incorporar a agenda de mudança do clima na gestão municipal, afirmando sua compreensão quanto à inevitabilidade de se pensar um modelo de desenvolvimento que tivesse em conta as variáveis climáticas.

Em 2010, o município fez adesão à rede ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade – reiterando seu interesse e compromisso com a agenda climática, e foi selecionado para participar do projeto Urban LEDS – Estratégias de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono – junto a outras sete cidades brasileiras.

O primeiro Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) do município foi publicado em 2014 e, no mesmo período, foram instituídos o Comitê Gestor Local, o Comitê Municipal e o Grupo de Trabalho sobre Mudanças Climáticas, além da elaboração da Política Municipal sobre Mudanças Climáticas.

Posteriormente, Sorocaba estabeleceu compromisso com o Compacto Global de Prefeitos, hoje chamado Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia, e reporta seus dados anualmente na plataforma unificada . Essas ações somaram força à inclinação de Sorocaba para o enfrentamento às consequências da mudança do clima. No momento, Sorocaba está finalizando seu 2° Inventário de Gases de Efeito Estufa.

Mitigação: intervenção humana para reduzir as fontes e melhorar os reservatórios de gases de efeito estufa (IPCC, 2001).

Adaptação: processo de ajuste ao clima atual ou futuro e seus efeitos. Nos sistemas humanos, a adaptação visa minimizar o perigo ou explorar oportunidades. Em alguns sistemas naturais, a intervenção humana pode facilitar a adaptação ao clima futuro e seus efeitos (IPCC, 2014)

POLÍTICA MUNICIPAL SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS

ESTRUTURAS MUNICIPAIS DE ARTICULAÇÃO E DECISÃOL

INVENTÁRIO DE GASES DE EFEITO ESTUFA (GEE)

PLANOS DE AÇÃO

PARTICIPAÇÕES EM PROJETOS E COMPROMISSOS

PUBLICAÇÕES E LINKS ÚTEIS