Parques


Sorocaba conta com 23 parques municipais, sendo 09 deles áreas de preservação naturais fechadas, administradas pela
Secretaria de Meio Ambiente (Sema).

Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”: dos seus 150 mil metros quadrados, 17 mil são ocupados por um lago e outros 36 mil por vegetação natural da Mata Atlântica. O espaço reúne 1.200 animais de 300 espécies, com 70% deles pertencentes à fauna brasileira, com altas taxas de natalidade de espécies em extinção. Realiza programas de educação ambiental de 1979 destinados a participantes de todas as idade, recebendo cerca de um milhão de visitantes por ano.

JARDIM BOTÂNICO DE SOROCABA IRMÃOS VILLAS-BÔAS 
O Jardim Botânico está estruturado para ser um importante centro de conservação da biodiversidade  e  cumprir com eficiência as seguintes funções: educação para desenvolvimento sustentável, pesquisa, conservação, lazer e cultura.
Foi inaugurado em março de 2014, conta com uma área de 70.000,00 me engloba fragmentos de vegetação de transição entre cerrado e mata atlântica.
Sua construção foi projetada considerando os seguintes valores de sustentabilidade: ambiental, o social e o econômico.  Assim, foram utilizados materiais e soluções técnicas que promoveram a economia de recursos, a redução da poluição, a melhoria da qualidade do ar e do solo.


Parque Natural dos Esportes “Chico Mendes”
: cerca de 145 mil metros quadrados, com vegetação de Mata Atlântica natural, enriquecida com eucaliptos e trilhas, além de playground, pista de caminhada, quatro quiosques para churrasco, praça de convivência e lago.
Parque da Biquinha: com um alqueire de área verde, em uma região com nascentes, quedas d-água e um lago natural, sua vegetação natural ainda foi enriquecida com 54 tipos de árvores brasileiras. Há o “Jardim dos Beija-flores”, que abriga pequenas mudas de árvores e arbustos identificados com placas com o nome popular e o nome científico. O espaço ainda conta com quiosques com churrasqueiras, local para piquenique, playground e orquidário.

Parque da Água Vermelha “João Câncio Pereira” : 20 mil metros quadrados de área verde, ocupados por plantas, árvores frutíferas e três lagos. Sua estrutura oferece playground, aquário, um viveiro de mudas (para utilização interna e distribuição à população).

Parque Natural “Ouro Fino” : Rua Alexandre Caldini, 265, Parque Ouro Fino (96 mil m2);


Parque Natural Municipal Corredores de Biodiversidade: 
O “Parque Natural Municipal Corredores de Biodiversidade” (PNMCBio), ou Parque da Biodiversidade, é uma unidade de conservação de proteção integral, pertencente à categoria Parque Municipal, conforme Lei Federal nº 9.985/2000, que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da natureza (SNUC)


Reserva Florestal “Bráulio Guedes”
: unidades de preservação fechadas para visitação do público.

Unidade de Preservação “Governador Mário Covas”: unidades de preservação fechadas para visitação do público.

 

Outros Parque Municipais


Parque “Carlos Alberto de Souza”
: Av. Antônio Carlos Comitre, Parque Campolim (espelho d’água, três pistas de caminhada, com 1.500m, 1.900m e 2.600m, ilha de alongamento, equipamentos de exercícios).

Parque “Miguel Gregório de Oliveira”: entre os bairros Júlio de Mesquita Filho e Jd. Santa Bárbara (pistas de caminhada em cimento e em saibro, com percurso total de 1.300m. O trajeto possui iluminação própria, placas de demarcação do percurso, além de uma ilha de alongamento);

Parque Linear do Rio Sorocaba “Dr. Armando Pannunzio” : Av. Dom Aguirre, margem direita do rio Sorocaba – lançada em 27 de junho de 2008, a proposta visa integrar os elementos naturais presentes na margem direita do rio e valorizá-lo como espaço de preservação ambiental, cultural e de lazer, aliado ao programa de despoluição do rio Sorocaba. O parque percorrerá 10.480 metros do trecho urbano do rio Sorocaba ao longo da avenida Dom Aguirre, entre a avenida Camilo Júlio e a divisa com Votorantim, com ciclovia, paisagismo, arborização, iluminação e calçadas para caminhada. Em breve o espaço contará com quiosques, deques, paraciclos, bancos, placas informativas e educativas sobre a flora e a fauna nativas do local e 14 quilômetros de ciclovias (nas margens esquerda e direita). Além disso, outros dispositivos existentes ao longo da avenida reforçam a vocação do rio como ponto de esportes, educação e lazer, como a Estação de Tratamento de Esgoto Sorocaba-1, a Usina Cultural “Etore Marangoni” e o Centro Esportivo “André Matiello”).

Parque do Paço Municipal: Av. Eng. Carlos Reinaldo Mendes, 3.041, Alto da Boa Vista (área verde, equipamentos de exercício físicos, Pista de Caminhada “Odilon Araújo” e playground com dez brinquedos);

Parque “Amadeu Franciulli”: Rua José Martinez Peres, Vitória Régia (área verde arborizada, pista de caminhada, lago e playground);

Parque “João Pelegrina”: Central Parque, entre ruas Érico Veríssimo, Giuseppina Cagliero e Mário Soave (Pista de Caminhada “Alfredo Elias Daher”, com 2 mil metros de extensão, e um teatro de arena, para um público de 340 pessoas.);

Parque “Santi Pegoretti” : Rua Atílio Silvano, Jd. Maria Eugênia (área verde arborizada com pista de caminhada, aparelhos para a prática de exercícios físicos, quiosque e ciclovia);

Parque “Seicho-No-Iê”: Rua Carmen Gallan Archilla, Parque Três Meninos (área verde arborizada com pista de caminhada, quadra poliesportiva, anfiteatro, bancos);

Parque “Maestro Nilson Lombardi”: Av. Américo Figueiredo, Jd. Ipiranga (anfiteatro para 1.200 pessoas, ciclovia, pista de skate, duas quadras poliesportivas, pista de caminhada, espaços para alongamento e exercícios físicos e playground com 14 brinquedos (gangorra, escorregadores, gira-gira, balanços, escalada e fonte interativa);

Parque das Águas: Av. Dom Aguirre, Jd. Abaeté (anfiteatro de arena, playground, pista de skate, circuito infantil, lago central com fontes, área verde arborizada, pista de caminhada, ciclovia, deque de madeira, campos de futebol, quadra poliesportiva) e Núcleo de Segurança Comunitária da Guarda Municipal – 24 horas;

Parque “Kasato Maru”: cruzamento das avenidas Antônio Carlos Comitre e Washington Luiz (portal Torii, globo terrestre metálico, espelho d’água, ponte Taiko Bashi, deque de masdeira, pista de caminhada, área verde, 100 mudas de cerejeiras e 200 arbustos de espécies típicas de jardins japoneses, sistema de iluminação com luminárias de estilo Suzuranto, três luminárias do tipo Toro e cascata);

Área de Lazer “Amália Helena Bertelle Camargo”
: no cruzamento das avenidas Vinicius de Moraes e Gualberto Moreira, Parque São Bento (playground (brinquedos e fonte interativa), bancos, quiosque, quadra de areia, espaço multiuso para ginástica e alongamento, pista de caminhada, quadra de concreto com arquibancadas (usada como anfiteatro), área verde arborizada e Núcleo de Segurança Comunitária da Guarda Municipal – 24 horas.

Parque dos Espanhóis: implantado onde funcionava o antigo Cento Social Urbano (CSU), no bairro Pinheiros, tem cerca de 20 mil m2, com projeto arquitetônico desenvolvido pela Seobe com influência da arquitetura e arte espanhola. Sob responsabilidade da Secretaria da Cultura (Secult), o parque com o maior palco ao ar livre de Sorocaba, com cobertura, sistemas de som, iluminação especial, camarim e capacidade para cerca de 20 mil espectadores. A estrutura é formada por Clube Social, área verde arborizada, pista de skate, quadra poliesportiva, campo de futebol, pista de caminhada, lago, playground e Núcleo de Segurança Comunitária da Guarda Municipal – 24 horas.

Área de Lazer “Pedro de Godoy”: localizado na rua Itanguá, nas proximidades da futura escola municipal do bairro, o parque tem aproximadamente 20 mil m2. Com dez mil metros quadrados de área gramada, árvores e arbustos, o novo espaço de lazer oferece campo de futebol gramado (com arquibancada), quadra de areia, duas quadras poliesportivas em concreto (uma com arquibancada e a outra infantil), duas pistas de caminhada, mirante com vista para a cidade, centro comunitário (com palco móvel) e Núcleo de Segurança Comunitário da Guarda Municipal – 24 horas.

NORMAS DE CONDUTA NOS PARQUES MUNICIPAIS


Para que as visitas e atividades nos parques municipais ocorram da melhor maneira possível, os adultos e os responsáveis por grupos devem comprometer-se a cumprir e a exigir que os visitantes sob sua responsabilidade cumpram as seguintes normas:

  • Não deixar menores de 14 anos andarem sozinhos pelos parques. Devem estar sempre acompanhados por um responsável;
  • Não é permitido entrar com animais nem andar de bicicleta nos parques;
  • Nunca ultrapassar nem danificar os gradis e cercas de segurança;
  • Onde houver recintos com animal, não fazer barulho, não dar alimentos nem atirar objetos;
  • Jogar sempre o lixo nas lixeiras distribuídas pelo parque;
  • É proibido coletar material reciclável, como latas, plástico e vidro;
  • Não arrancar a vegetação existente, nem causar danos ao meio ambiente;
  • Não entrar e nem pescar nos lagos e córregos existentes;
  • Respeitar os horários estipulados para abertura e fechamento dos parques.